ATENÇÃO

Algumas atividades postadas neste Blog não são de minha autoria, tendo sido retiradas de várias fontes, tanto na Internet, quanto de livros. Caso encontrem aqui alguma atividade de sua autoria, ficarei imensamente feliz em dar os devidos créditos. Basta me enviarem comentários. Abraços!

terça-feira, 6 de novembro de 2012

AVALIAÇÃO MENSAL DE LÍNGUA PORTUGUESA



Conteúdos: 
*Compreensão e Interpretação de textos: Conto e Carta
*Gramática: Derivação de palavras: Prefixo e Sufixo

Aluno(a): _________________________Nº: _________   Data: _____/_____/_____      
Ano: _______________      Professora: __________________________________

             AVALIAÇÃO MENSAL DE LÍNGUA PORTUGUESA         NOTA: ___________
                                                                                                                                                         Valor da prova (4.0)
Leia o conto para responder as perguntas 1 a 7.

A festa no céu (Conto tradicional do Brasil)

   Entre todas as aves, espalhou-se a notícia de uma festa no Céu. Todas as aves compareceriam e começaram a fazer inveja aos animais e outros bichos da terra incapazes de voo.
    Imaginem quem foi dizer que ia também à festa... O Sapo! Logo ele, pesadão e nem sabendo dar uma carreira, seria capaz de aparecer naquelas alturas. Pois o Sapo disse que tinha sido convidado e que ia sem dúvida nenhuma. Os bichos só faltaram morrer de rir. Os pássaros, então, nem se fala!
      O Sapo tinha seu plano. Na véspera, procurou o Urubu e deu uma prosa boa,divertindo muito o dono da casa. Depois disse:
      – Bem, camarada Urubu, quem é coxo parte cedo e eu vou indo, porque o caminho é comprido.
      O Urubu respondeu:
      – Você vai mesmo?
      – Se vou? Até lá, sem falta!
     Em vez de sair, o Sapo deu uma volta, entrou na camarinha do Urubu e,vendo a viola em cima da cama, meteu-se dentro, encolhendo-se todo.
     O Urubu, mais tarde, pegou na viola, amarrou-a a tiracolo e bateu asas para o céu, rru-rru-rru...
     Chegando ao céu, o Urubu arriou a viola num canto e foi procurar as outras aves. O Sapo botou um olho de fora e, vendo que estava sozinho, deu um pulo e ganhou a rua, todo satisfeito.
     Nem queiram saber o espanto que as aves tiveram, vendo o Sapo pulando no céu!
      Perguntaram, perguntaram, mas o Sapo só fazia conversa mole.
      Pela madrugada, sabendo que só podia voltar do mesmo jeito da vinda, mestre Sapo foi-se esgueirando e correu para onde o Urubu se havia hospedado. Procurou a viola e acomodou-se, como da outra feita.
     O sol saindo, acabou-se a festa e os convidados foram voando, cada um no seu destino. O Urubu agarrou a viola e tocou-se para a Terra, rru-rru-rru...Ia pelo meio do caminho, quando, numa curva, o Sapo mexeu-se e o Urubu, espiando para dentro do
instrumento, viu o bicho lá no escuro, todo curvado, feito uma bola.
      – Ah! camarada Sapo! É assim que você vai à festa no Céu? Deixe de ser confiado...!
      E, naquelas lonjuras, emborcou a viola. O Sapo despencou-se para baixo que vinha zunindo. E dizia, na queda:
      – Béu-Béu!
      Se desta eu escapar,
      Nunca mais bodas no céu ...
      E vendo as serras lá em baixo:
      – Arreda pedra, senão eu te rebento!
Bateu em cima das pedras como um jenipapo, espapaçando-se todo.Por isso o Sapo tem o couro todo cheio de remendos.
Vocabulário:
esgueirando – saindo de mansinho, sumindo;
espapaçando-se – tomando forma de papa; esborrachando-se, tornando-se
mole, desengonçado.

 Com base no texto responda: (1.5)
1 - Qual era o grande acontecimento da floresta?
___________________________________________________
2 - Que convidados compareceriam à festa?
___________________________________________________
4 - Apenas um animal, que não era ave, disse que também iria à festa. Qual era o animal ?
_____________________________________________________________________
5 - Que plano o sapo formulou?
_____________________________________________________________________
6 - O sapo pediu ao urubu que o levasse para a festa?
_____________________________________________________________________
7 - Como ficaram as aves, ao ver o sapo dançando no meio da festa?
_____________________________________________________________________
8 - O nosso amigo Sapo decidiu enviar uma carta ao Urubu, com um pedido de desculpas.Depois disso, pegou o endereço do urubu e enviou a carta pelo correio da floresta. (1.5)





 a) Quem é o remetente da carta?
__________________________________
 b) A quem se destina a carta?
__________________________________
c) Qual a finalidade da carta?
____________________________________
____________________________________
____________________________________
d) O que fez o sapo pensar em se desculpar
com o Urubu?
____________________________________
____________________________________
____________________________________
e) Qual a saudação que o Sapo usou?
____________________________________


 9.- Indique a palavra primitiva que originou cada uma das seguintes palavras: (0.5)
sapateiro
 amanhecer
repatriar
ilegalmente
brasileiro






10- Classifica, agora, quanto ao processo de formação, cada uma das palavras, colocando um X na coluna correta: (0.5)

Palavras derivadas

por prefixo
por sufixo
sapateiro


amanhecer


repatriar


ilegalmente


brasileiro



Nenhum comentário: