ATENÇÃO

Algumas atividades postadas neste Blog não são de minha autoria, tendo sido retiradas de várias fontes, tanto na Internet, quanto de livros. Caso encontrem aqui alguma atividade de sua autoria, ficarei imensamente feliz em dar os devidos créditos. Basta me enviarem comentários. Abraços!

segunda-feira, 19 de setembro de 2011

Encontro STE em Três Lagoas










Trabalho a presentado




VÍDEO PRODUZIDO PELOS ALUNOS AO FINAL DO PROJETO





Projeto> NOSSO LIXO DE CADA DIA: questões socioambientais em Cassilândia/MS

GOVERNO DO ESTADO DE MATO GROSSO DO SUL
SECRETARIA DE ESTADO DE EDUCAÇÃO
SUPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E APOIO À EDUCAÇÃO
COORDENADORIA DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS.
NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DE TRÊS LAGOAS
UPERINTENDÊNCIA DE PLANEJAMENTO E APOIO À EDUCAÇÃO
COORDENADORIA DE TECNOLOGIAS EDUCACIONAIS.
NÚCLEO DE TECNOLOGIA EDUCACIONAL DE TRÊS LAGOA

                                                                                  
NOSSO LIXO DE CADA DIA
 questões socioambientais em Cassilândia/MS

1. Identificação
Escola Estadual Hermelina Barbosa Leal

Professora de STE: Lidiane Aparecida Ferreira Mariano Infante Rodrigues
Professora regente: Juliana Regiane Queiroz Chaves, Participação especial da Professora Guiomar Dionísio Batista de Assis.
Coordenadora: Ana Maria Cerizza
Turmas envolvidas: Ensino Médio Inovador                         Período: Integral

2.Tema
Preservação do meio ambiente

3. Justificativa
A proposta aqui apresentada é um recorte de um projeto desenvolvido na EE Hermelina Barbosa Leal, em Cassilândia, MS.
Tal proposta teve como eixo o ensino do conteúdo curricular por meio de uso dos recursos tecnológicos existentes na Sala de Tecnologia (STE) da escola. O que justifica a realização desse trabalho é a necessidade de discutir com o aluno o porquê de o tema degradação do meio ambiente ocupar atenção na sociedade atual e ao mesmo tempo mostrar-lhe que o equilíbrio da natureza é essencial para a vida na Terra. Para ampliar os resultados do processo de aprendizagem, propusemos integrar tecnologia ao ensino, visto que o aluno do Ensino Médio geralmente apresenta relativa autonomia na utilização de aplicativos e ferramentas tecnológicas, como, celular, computador e câmera digital em seu cotidiano. Somando-se a isso, a escola também se engaja com os ambientalistas na busca de soluções para preservar o ambiente quando desenvolve um dos temas transversais de modo a facilitar a compreensão da sua realidade local. Como resultado, busca desenvolver no aluno a visão crítica que o faça protagonista de sua aprendizagem e ativo nas tomadas de decisões por um estilo de vida sustentável.

4. Objetivos
1.      Conhecer, (observar e analisar de modo crítico), a realidade do tratamento do lixo do Município;
2.      Refletir sobre os problemas ambientais de sua cidade e as transformarem em conscientização - atitudes positivas a favor do Meio Ambiente;
3.      Conscientizar o aluno para a necessidade de pensar no problema do lixo, nas formas de coleta e destino, na reciclagem, nos responsáveis pela produção e destino na escola, em casa e em espaços comuns,
4.      Perceber que o lixo pode ser uma fonte importante de recurso financeiro através da reciclagem;
5.      Produzir slides no PowerPoint com as informações colhidas e as fotografias tiradas no lixão, nas empresas de reciclagem e de tratamento de água e esgoto da cidade;
6.      Produzir HQs de conscientização à preservação do meio ambiente;
7.      Construir vídeos sobre as ações realizadas no Projeto, utilizando os recursos do programa MovieMaker.

5. Disciplinas envolvidas
Oficina de Meio Ambiente

6. Metodologia/Procedimentos
Houve vários procedimentos para as aulas. Como se trata de um recorte do projeto, delimitamos as ações mais voltadas às etapas desenvolvidas na STE
Assistir aos documentários: Lixo extraordinário, Ilha das flores, Deu a louca nos bichos;
Trabalho de campo: visita ao Aterro Sanitário – lixão da cidade –  para observação e fotografias.
Visita à empresa TRANSCOMPARE, que faz coleta seletiva de lixo em Cassilândia, para observação e fotografias.
Em equipes, elaboração de slides no PowerPoint e produção de vídeos no MovieMaker para documentar a realidade encontrada no município.
Criação de história em quadrinhos pelo site www.meugibi.com.br, também mostrando a realidade e sugerindo mudanças de hábitos.

7. Recursos utilizados (tecnológicos)
Computador; (PowerPoint, Word, Windows Movie Maker, Internet [sites de pesquisas e de criação de HQ]); Filmadora; Máquina fotográfica, Aparelho de DVD; projetor de multimídias, Caixa de som.

8. Registro do processo
Registro escrito por meio do Plano de Ação; registro por meio de fotografias, vídeos e a produções dos alunos, como slides, HQ e vídeos.

9. Avaliação e resultados esperados
Não foram atribuídas notas aos trabalhos.
Seriam considerados atingidos os objetivos se os alunos demonstrarem interesse pela atividades, mudando sua postura frente às questões do meio ambiente, bem como demonstrarem conhecimento dos temas abordados no projeto através de auto-avaliação e o registro do acompanhamento das demais atividades desenvolvidas no projeto.


10. Divulgação/Socialização do plano
Os trabalhos realizados pelos alunos, HQ, slides, vídeos etc já estão socializados por meio do site .http://hblemrede.ning.com/ e do blog http://lidimariano79.blogspot.com/ Mas por ocasião da Mostra Cultural da escola, tudo será exposto e encaminhado para divulgação no site da Secretaria de Estado de Educação (SED/MS): www.sed.ms.gov.br.

11. Relatório final
RELATO:

Uma das principais dificuldades encontradas foi de locomoção, tivemos que “correr” muito para conseguirmos apenas duas Vans para transportar os alunos até o “Lixão” e a Empresa de reciclagem. Devido ao pouco espaço nas Vans, professora e coordenadora tiveram que se dispor de seus carros para transportarem os alunos. Outro empecilho foi o odor forte de lixo que deixou alguns alunos enjoados. Este problema, segundo uma das funcionárias do “lixão”, se dá por conta da não separação adequada do lixo pela população, que mistura garrafas pet, com restos de comida etc.
Á Empresa de tratamento de água e esgoto da cidade fomos a pé, por não conseguirmos transporte no horário em que precisávamos.

Sugestões que serão adotadas numa próxima edição do Projeto: Procuraremos confirmar com antecedência o transporte para os alunos e buscaremos mais colaboradores (professores de outras disciplinas).

Divulgação dos resultados: O pré-projeto foi publicado no site da escola, bem como as fotos das visitações feitas pelos alunos. Foram feitos murais com HQs produzidos pelos alunos, foram apresentados à comunidade escolar os vídeos e slides produzidos. Todo  trabalho realizado no decorrer do projeto será divulgado na Mostra Cultural na escola e encaminhado para divulgação no site da Secretaria de Estado de Educação (SED/MS), bem como postado no blog da professora de STE.

DEPOIMENTOS

Professor(a) de STE Lidiane Aparecida Ferreira Mariano Infante Rodrigues: A professora Juliana Regiane me procurou na STE com um projetinho de meio ambiente, onde faria visitações ao lixão municipal, a uma empresa de reciclagem, à empresa de tratamento de água, e à  empresa de tratamento de esgoto de nossa Cidade. Pediu-me ajuda para planejar uma aula, onde os alunos iriam pesquisar a história do lixo, como deve funcionar um lixão e uma empresa de tratamento de lixo, antes de fazerem as visitações. Depois de alguns dias planejou uma aula para que os alunos digitassem relatórios das tais visitações. E me pediu para colocar no site da escola algumas fotos que os mesmos haviam tirado nas visitas. Foi aí então, que vendo as fotos e as filmagens que os alunos fizeram dos locais que visitaram que, propus a professora estender seu projeto a atividades maiores, onde os alunos, que são do ensino médio, poderiam produzir slides, vídeos e HQs sobre as visitações e expor seus trabalhos posteriormente aos demais alunos da escola. Resumindo, ela aceitou minhas sugestões e o projeto realizou-se. Os alunos a meu ver se entregaram de verdade ao projeto, participaram de forma ativa e produtiva das atividades realizadas na STE. Aqui os alunos, que já haviam feito e pesquisas sobre o lixo, e já tinham feito as visitações propostas pela professora, em grupos, num primeiro momento fizeram relatórios de visitações. Num segundo momento foram divididas tarefas – alguns grupos fizeram slides mostrando o que viram (a realidade que encontraram nas visitas que fizeram), outros fizeram vídeos com imagens que fizeram dos locais que visitaram explicando os dados verificados. Num terceiro momento os alunos, ainda divididos em grupos fizeram slides e vídeos dando opiniões, expondo o que aprenderam e propondo soluções para os problemas que constataram nas visitas. Não tive a oportunidade de participar das apresentações dos trabalhos, que aconteceram no anfiteatro da escola no período da manhã. Mas fiquei sabendo pela professora que foi muito bacana, e que os trabalhos ficaram ricos e bem ilustrativos. Alguns HQs criados pelos alunos foram fixados nos murais da escola, e estes sim, eu vi e aprovei.

Coordenadora pedagógica Ana Maria Figueiredo Cerizza: O projetoLixo sem desperdício’ é uma ação contínua iniciada em 2010 e possui como meta principal a mudança de valores e consequentemente nas atitudes dos educandos em relação às questões ambientais. O sucesso do trabalho realizado no 2º bimestre deste ano se deu ao currículo do Ensino Médio Inovador, às capacitações oferecidas à equipe pedagógica por parte da SED, ao compromisso da professora Juliana com a aprendizagem dos alunos além da parceria do setor de transportes da prefeitura Municipal de nossa cidade. O ponto forte foi que os alunos puderam obter a partir das visitações e entrevistas realizadas fora da escola, principalmente com a empresa de coleta seletiva de lixo, instalada em Cassilândia e também nas dependências do lixão da cidade, próximo à UEMS, na MS 306, uma aprendizagem mais sistemática e objetiva. O projeto procura levar o aluno a analisar e compreender a dimensão política, social e econômica do programa de coleta seletiva de Cassilândia. Durante os trabalhos eu aprendi com a professora Juliana que a persistência, a boa vontade, paciência, capacidade para colocar em prática, o planejamento e a busca de parcerias é condição essencial para superar obstáculos, é condição essencial para atingir os objetivos propostos pelo projeto, a aprendizagem significativa condizente com a Proposta Pedagógica baseada nos princípios pedagógicos do Programa Ensino Médio Inovador.

Professor(a) regente Juliana Regiane Queiroz Chaves: Ministrando no 1º semestre deste na, a Oficina de Meio Ambiente, nos primeiros e segundos anos do ensino médio inovador, e seguindo um tema proposto pela escola, esquematizei um projeto, onde mostraria aos alunos, como o lixo que eles produzem em excesso, e sem se importar com o meio ambiente, causa grandes prejuízos à natureza e a eles mesmos, queria ensiná-los a respeitar a natureza e mudarem suas atitudes diante do consumismo desenfreado que resulta em tanto lixo. Então, ao apresentar minhas idéias à coordenadora Ana Maria e à Lidiane, as mesmas deram tantas idéias, que enriqueci o projeto, e esse, agora está grande e rico, meus alunos não só se interaram dos problemas vividos por conta do exagerado volume de lixo jogado a céu aberto em um lixão de nossa cidade, entenderam como isso pode afetá-los e ao meio ambiente, como fizeram preciosos trabalhos onde divulgaram seus aprendizados, suas opiniões e sugestões aos demais colegas da escola. Os alunos fizeram diversos trabalhos que deixarei que a professora Lidiane comente.

Aluno Marcos Vinícius Turma C: Não posso dizer que adorei visitar o lixão e aquela empresa de reciclagem, que fedia muito, mas tenho que dizer que aprendi muito com as aulas e as explicações que tive dos responsáveis pelos locais que visitamos, fiquei indignado ao saber que as vezes até lixo hospitalar é encontrado na lixão da nossa Cidade, que fica ao lado da UEMS, na saída para Chapadão do Sul. Tive pena das pessoas que trabalham na empresa de reciclagem, porque lá fede muito, mas aprendi com eles que é um trabalho muito digno fazer a separação e a reciclagem do lixo. Na estação de tratamento de água, vi como é feito todo o processo desde quando ela sai do poço até chegar a nossas casas. No tratamento do esgoto aprendi que os resíduos misturados na água não são totalmente queimados, o biólogo que nos mostrou tudo no tratamento de esgoto e de água, nos explicou direitinho que não devemos gastar água e como devemos reutilizá-la. Nos mostrou como o lixo que não é bem tratado pode prejudicar a água que bebemos e que o nosso Aqüífero Guarani um dia pode vir a ser afetado por tanto lixo. Depois de muitas visitas e de escutar meus amigos de outros grupos que foram ao hospital e a uma farmácia ver o porque que são encontrados lixos hospitalares no lixão, meu grupo fez um Power Point, mostrando as fotos que tiramos e relatando o que vimos e podemos fazer para modificar a realidade que vimos e que não é nada boa, também fiz uma história em quadrinhos falando da importância de não desperdiçar água. Tive um pouco de vergonha na hora de apresentar meu trabalho no anfiteatro, mas todos aplaudiram e me sai muito bem.


terça-feira, 6 de setembro de 2011

Hino e Símbolos de Cassilândia MS

HINO DE CASSILÂNDIA/MS
 
Autoras: Sonia Aparecida Mendes da Rosa e Joanesir Paulino da Costa

Cassilândia, lindo nome
Em homenagem ao fundador,
Com suas riquezas nativas
Mostra todo seu esplendor.


A serra do cruzeiro
É vista como mirante,
Com sua beleza nativa
E uma paisagem estonteante.


Cassilândia prossegue seu caminho
Mocidade avante de pé,
Na luta persistente de seus filhos,
Na construção de uma cidade de fé.


No esplendor de suas belezas,
Ressaltamos o Rio Aporé,
Sob as margens tão belas e floridas
Pioneiros aplaudimos de pé.


Com sua cultura espalhada
Sua história não se desfaz,
No estado, no Brasil e no mundo
Seus filhos não esmorecem jamais.


Cassilândia prossegue seu caminho
Mocidade avante de pé,
Na luta persistente de seus filhos,
Na construção de uma cidade de fé.


Nesse chão de cerrado batido
Com riquezas a desvendar,
Pecuária é o seu forte
Para o progresso alcançar.


Cassilândia na sua cultura
Destaca a festa do peão,
Enobrecendo o povo cassilandense
Por esse Brasil campeão.


Cassilândia prossegue seu caminho
Mocidade avante de pé,
Na luta persistente de seus filhos,
Na construção de uma cidade de fé.





















BRASÃO E BANDEIRA


Clique nos símbolos para ampliá-los